Search
Thursday 14 December 2017
  • :
  • :

Modelo atingida por ácido sulfúrico volta a ver graças à terapia com células-tronco





No dia 31 de março de 2008, a modelo e apresentadora de TV Katie Piper, então com 25 anos, foi vítima de um ato de extrema covardia. Seu ex-namorado, Daniel Lynch, 33 anos, pagou para que Stefan Sylvestre, 20, jogasse ácido sulfúrico em seu rosto. Katie foi desfigurada pela substância, que também escorreu pela sua garganta e provocou danos terríveis — ela teve de ser alimentada por um tubo durante meses. Foram necessárias 30 operações só para que ela voltasse a comer normalmente.

O ataque também afetou parcialmente a visão em seu olho esquerdo. Mesmo depois de 109 operações que restauraram seu rosto, Katie ainda não conseguia enxergar. "Depois de passar três anos e meio me recusando a aceitar o fato de que ficaria cega do meu olho esquerdo para sempre, eu ouvi falar de uma cirurgia pioneira que poderia restaurar minha visão usando o poder das células-tronco. Procurei o médico responsável pela pesquisa e me dispus a ser uma das primeiras pessoas no mundo a se submeter ao tratamento", afirmou no site da Fundação Katie Pieper, organização criada por ela para dar amparo às vítimas de queimaduras.

Os médicos do Queen Victoria Hospital, apontado como um dos melhores hospitais públicos da Grã-Bretanha, conduzem com êxito um programa que utiliza o transplante de células-tronco para restaurar a visão na superfície dos olhos.

No programa que estreia nesta terça-feira no Channel Four, The Science of Seeing Again (A Ciência de Voltar a Ver), Katie mostrará como a terapia com células-tronco, cada vez mais bem sucedida no tratamento de diversas doenças e ferimentos, a ajudou a enxergar de novo. A modelo também tratará no programa dos efeitos a longo prazo e das chances de sucesso desse tipo de terapia.

Fonte: Revista Veja