Biossegurança em Laboratório – pratique esse conceito




Biossegurança? O que é isso? 

A pedra angular da segurança biológica é a avaliação dos riscos. Logo, Biossegurança é o conjunto de estudos e procedimentos cujo objetivo é minimizar e/ou controlar riscos associados à manipulação de agentes químicos, físicos e biológicos. A biossegurança visa direcionar ações para garantir a prevenção e proteção da saúde do trabalhador, tornando suas atividades de pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços o mais segura possível.

Níveis de Biossegurança

    Para manipulação dos microrganismos pertencentes a cada uma das quatro classes de risco devem ser atendidos alguns requisitos de segurança, conforme o nível de contenção necessário. Estes níveis de contenção são denominados de níveis de Biossegurança.

    Os níveis são designados em ordem crescente, pelo grau de proteção proporcionado ao pessoal do laboratório, meio ambiente e à comunidade.

    O nível de Biossegurança 1, é o nível de contenção laboratorial que se aplica aos laboratórios de ensino básico, onde são manipulados os microrganismos pertencentes a classe de risco 1. Não é requerida nenhuma característica de desenho, além de um bom planejamento espacial e funcional e a adoção de boas práticas laboratoriais.

    O nível de Biossegurança 2 diz respeito ao laboratório em contenção, onde são manipulados microrganismos da classe de risco 2. Se aplica aos laboratórios clínicos ou hospitalares de níveis primários de diagnóstico, sendo necessário, além da adoção das boas práticas, o uso de barreiras físicas primárias (cabine de segurança biológica e equipamentos de proteção individual) e secundárias (desenho e organização do laboratório).

    O nível de Biossegurança 3 é destinado ao trabalho com microrganismos da classe de risco 3 ou para manipulação de grandes volumes e altas concentrações de microrganismos da classe de risco 2. Para este nível de contenção são requeridos além dos itens referidos no nível 2, desenho e construção laboratoriais especiais. Deve ser mantido controle rígido quanto a operação, inspeção e manutenção das instalações e equipamentos e o pessoal técnico deve receber treinamento específico sobre procedimentos de segurança para a manipulação destes microrganismos.

    O nível de Biossegurança 4, ou laboratório de contenção máxima, destina-se a manipulação de microrganismos da classe de risco 4, onde há o mais alto nível de contenção, além de representar uma unidade geográfica e funcionalmente independente de outras áreas. Esses laboratórios requerem, além dos requisitos físicos e operacionais dos níveis de contenção 1, 2 e 3, barreiras de contenção (instalações, desenho equipamentos de proteção) e procedimentos especiais de segurança.

A Biossegurança não deve ser praticada apenas a nível hospitalar, laboratorial ou industrial… este conceito é importante também para a preservação do meio ambiente e da biodiversidade. Veja a charge abaixo e reflita.

Fonte:

Manual de Biossegurança em Laboratório, OMS 3ª ed.

Biossegurança. http://pt.wikipedia.org/wiki/Biosseguran%C3%A7a Acesso 04/08/2011.




Categories: Biomedicina,Pesquisa

Tags: ,,