Search
Thursday 19 July 2018
  • :
  • :

Bactérias


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/maximfcj/public_html/portalbiomedico.net/wp-content/plugins/better-ads-manager/better-ads-manager.php on line 1451



As bactérias são consideradas como os mais antigos habitantes da Terra assim como os mais populosos. São chamadas de seres ubíquos por encontrarem-se: no solo, na água, no ar, na poeira, como também em ambientes extremófilos (hipersalinos, acidófilos, e extremos de temperaturas como em vulcões e geleiras).

São seres constituídos de uma única célula, portanto, unicelulares. Antigamente bactérias eram considerados organismos simples, mas com os avanços no estudo da bioquímica e biologia molecular, cada dia mais sua complexidade vem sendo desvendada.

Em sua maioria, as bactérias possuem uma parede celular protetora e algumas ainda possuem uma camada limosa, glicocálix ou cápsula acima da parede celular. Logo abaixo da parede celular, encontra-se a membrana plasmática, que separa o conteúdo da célula do meio exterior. 

Quanto à sua morfologia as bactérias podem ser classificadas como bastonetes ou bacilares (bacilos), cocóides (cocos), espiraladas. 

Bacilos– tem forma de bastão e extremidades arredondadas ou retas. Podem ser encontrados como bacilos isolados, diplobacilos ou estreptobacilos ou ainda em

paliçada e tricoma. Exemplos de bactérias bacilares: Bacillus anthracis, Salmonella sp. Escherichia coliCorynebacterium sp.

Cocos– forma circular. Podem dividir-se sem um plano de orientação definido, o que lhes conferem diferentes arranjos: cocos isolados, dipococos, tetracocos, sarcinas, estreptococos, estafilococos. Exemplo de bactérias cocóides: Neisseria meningitidis, Streptococcus sp., Micrococcus sp.

Espiraladas– também chamadas de helicoides,constituem

o terceiro grupo morfológico bacteriano. Dividem-se em espirilos – espirais rígidos e locomovem-se por flagelos externos; e espiroquetas – mais flexíveis e locomovem-se por contrações do citoplasma. Exemplo de bactérias espiraladas: Aquaspirillium, Treponema pallidum. Além das formas espiraladas há também bactérias que se assemelham à vírgulas, conhecidas como vibriões, ex: V. cholereae.

Algumas bactérias apresentam formas de transição como os cocobacilos, formas pleomórficas (sem uma morfologia padrão) e formas de involução (mecanismo de sobrevivência às condições ambientais adversas como os esporos).

Morfologia da célula bacteriana

As bactérias reproduzem-se muito rápido por fissão binária e pode ocorrer, dependendo do tipo de bactéria, a cada 20 minutos de forma exponencial.

Aguarde novos posts sobre estes micro-organismos!

Fonte:

TORTORA, G. et al. Microbiologia – 8. Ed – Artmed, 2005, 920p

Portal São Francisco: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/bacterias/bacterias-bacterias-8.php

MAIA, Luciana F. Morfologia bacteriana. UNICAMP. http://pessoal.utfpr.edu.br/lucianamaia/arquivos/citologiabacteriana.pdf

ROMEIRO, RS. Anatomia e morfologia da célula bacteriana. Viçosa http://www.ufv.br/dfp/bac/anat.pdf